Com essas vestes que te são bem escritas
Com esse esse riso torto que me afoga a alma
Com esses pequenos gestos inibidos com as mãos
Com esse suspiro e olhar distante, me leva tão adiante.

Passei a navegar então em horizontes distantes
Passei a me entregar em prazeres constantes
O que seria aquela forma que não dizia apenas … nada
O que seria aquela caco quebrado de dentro da caixa?

Eu sabia que estava perto de algum algo
Eu sabia que não tinha forma nem um lugar
Talvez fosse mesmo aquela maré conturbada

ou essa página pré-fabricada

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s