e víuvas negras que choram ao tom do mais negro pudor e o uivo e todas as sinfonias que são tocadas no mais extremo íntimo de sua mente, torturada e deixada de lado por sua propria melodia e a inspiração doentia dessa mutilação mental constante que da uma lugubre inspiração ou impulso que te faz sair assim, de súbido da cama e pular para algum lugar distante ou tão perto que quase tocaria-lhe a face.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s